Pequenas atitudes adotadas no dia a dia podem ajudar a combater o surgimento do estresse no ambiente corporativo; veja dicas de como evitar.

Cada vez mais a correria do dia a dia e a busca por resultados em um curto espaço de tempo têm feito com que os profissionais e os ambientes corporativos apresentem um alto nível de estresse. Reflexo de uma política de ritmo acelerado e ambiente competitivo, o estresse pode prejudicar a harmonia e a produção de um funcionário ou de uma equipe.

Nem sempre os sintomas podem ser identificados facilmente. Falta de concentração, desânimo, tristeza, apatia, irritação, tensão muscular e queda no desempenho, são algumas características de um funcionário ou ambiente de trabalho estressado. Porém, os responsáveis tendem a confundi-los com hábitos de um mau funcionário. “O primeiro passo para melhorar o ambiente estressado é aprender a identificá-lo. Saber se o estresse está sendo causado pelo trabalho ou se vem de um ambiente externo, trazido pelo trabalhador”, explica Paulo Sardinha, presidente da ABRH-RJ.

Após o período de identificação é necessário a elaboração de estratégias para sanar o problema. Conversar com o empregado ou realizar reuniões com a equipe são maneiras das empresas mostrarem-se abertas para ouvir as reclamações e queixas, que podem ser as possíveis causas do estresse. “Às vezes o empregador não consegue observar que o ambiente de trabalho está estressante e prejudicando o empregado ou a equipe. O que pode parecer saudável para ele, pode estar causando a queda de rendimento da equipe/funcionário e prejudicando a empresa como um todo. Um bom empregador tem que saber identificar e ouvir para conseguir solucionar os problemas”, afirma Sardinha.

Mas, não é necessário deixar o ambiente chegar ao nível máximo de estresse para tomar algum tipo de providência. Existem atitudes que adotadas no dia a dia da empresa podem evitar que o estresse tome conta do ambiente, mantendo-o tranquilo e produtivo. Abaixo o presidente da ABRH-RJ as pontuou:

1. Administre o tempo de expediente no trabalho;
2. Cultive relacionamentos com os colegas de trabalho e principalmente com familiares.
3. Cuide da saúde, ela é essencial para a realização de um bom trabalho;
4. Procure um estímulo no que faz. Trabalhar com satisfação e animação diminui as chances de ocorrer estresse;
5. Pratique uma atividade que te dê prazer;
6. Defina suas prioridades;
7. Tenha momentos de ócio, faz bem para o corpo e para a mente;
8. Tenha uma alimentação saudável;
9. Aceite as diferenças e seja flexível. Nenhuma pessoa é igual à outra, e pensamentos diferentes são bons para encontrar um consenso;
10. Seja empático. Se colocar no lugar do outro é imprescindível para tomar qualquer tipo de decisão ou para formar uma opinião;
11. Se te incomodou, fale! Fofocas em ambientes corporativos propiciam o surgimento do estresse;
12. Tire férias no tempo certo. O acúmulo de trabalho faz com o corpo fique mais suscetível ao estresse.

Fonte: Administradores