De acordo com o diretor de Administração e Investimentos, Adriano Suzarte, o ambiente macroeconômico e financeiro global é bastante favorável, decorrente da recuperação da atividade econômica das principais economias e dos países emergentes, beneficiada por uma combinação positiva de inflação sob controle e de estímulos monetários, sobretudo na Zona do Euro e nos Estados Unidos, que ainda devem manter um importante fluxo financeiro internacional de capitais. A despeito dos potenciais conflitos geopolíticos, Adriano afirma que não há identificação de riscos relevantes.

Sobre a economia brasileira, o diretor avalia que o cenário é de retomada do crescimento econômico, com inflação controlada e abaixo da meta do Banco Central e trajetória de queda na taxa de juros. Os indicadores de confiança da atividade econômica estão em trajetória de melhora, mas ainda impõem alguma cautela. O mercado de trabalho tem reagido favoravelmente e o de crédito tem apresentado uma leve melhora. O setor externo (balança comercial) projeta um superávit recorde para o ano de 2017 o que leva a uma maior estabilidade da taxa de câmbio. Os riscos associados a esse cenário estão pautados no âmbito fiscal e nas eleições de 2018 que devem trazer volatilidade para o mercado financeiro e de capitais brasileiro.

Se você tem alguma dúvida sobre investimentos, encaminhe aos cuidados da área de Comunicação (comunicacao@sebraeprev.com.br). A proposta é manter os participantes mais informados sobre o cenário econômico e os investimentos do SEBRAE PREVIDÊNCIA, para isso, o diretor Adriano participará de um vídeo que terá como objetivo responder às dúvidas mais recorrentes dos participantes e assistidos do Plano SEBRAEPREV.