Além de alterar o percentual da Contribuição Básica, também é possível aderir a Contribuições Voluntárias Mensais.

Até 31 de julho, os participantes do plano SEBRAEPREV  podem alterar seu Perfil de Investimento e o percentual de Contribuição Básica e Contribuição Voluntária Mensal. Essa é a oportunidade para aqueles que estão pensando no futuro avaliarem a sua opção de investimento e verificar se ela está alinhada com suas expectativas e características.

Vítor Gonçalves, da UGP do SENRAE/NA, ressalta sobre a importância de se analisar o melhor destino para os investimentos ao se planejar para o futuro. “A gente precisa ser responsável pelo futuro cotidianamente. Avaliar o perfil é uma forma de administrar o que está por vir”, destaca o analista.

O Sebrae Previdência oferece três opções de perfis: Conservador, Moderado e Arrojado. O Diretor de Administração e Investimentos do Sebrae Previdência, Victor Hohl, atenta que a escolha da mudança de perfil deve vir acompanhada de uma boa reflexão individual. “É uma decisão pessoal, que está associada à característica de perfil psicológico para aceitar um negócio com um retorno incerto, em vez de outro negócio com um retorno esperado mais previsível. O mais importante é que o participante leve em consideração o seu estado emocional em relação a risco (nível de aversão). Então, primeiro, é preciso saber qual é o seu apetite a risco e se conhecer”, explica.

O diretor também esclarece que os cenários político e econômico brasileiro e mundial também têm influência sobre o desempenho dos investimentos e lembra que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura.

O participante deve ter ciência que o depósito da patrocinadora é sempre alocado no perfil moderado. O participante que alterar seu perfil, está alocando somente a sua parcela de contribuição.

Além de alterar o percentual da Contribuição Básica, os participantes podem aderir a Contribuições Voluntárias Mensais. Essa é mais uma forma de aumentar a reserva previdenciária, sem Taxa de Carregamento, e que pode ser deduzida da contribuição no Imposto de Renda, no caso de declarações completas, até o limite de 12%. A adesão à Contribuição Voluntária Mensal pode ser realizada no período da campanha (junho/julho), vem descontada na folha de pagamento e pode representar um percentual entre 1% a 30% do Salário de Contribuição e é livre da taxa de carregamento (1,2%). Porém, não possui contrapartida da Patrocinadora. Vale ressaltar que é possível, ainda, realizar Contribuições Voluntárias Esporádicas por meio de boletos bancários.

As opções de alterações de perfis e de contribuição estão disponíveis na área restrita do portal.

Fonte: máquinacohn&wolfe