A administração do SEBRAE PREVIDÊNCIA é norteada pela consciência do dever fiduciário, dos princípios éticos e de integridade, lealdade, prudência e transparência, bem como pelo desejo de contribuir para a perenidade da Instituição, onde as decisões são orientadas no exclusivo interesse do Plano SEBRAEPREV, e consequentemente, dos participantes, assistidos e patrocinadores. Conheça as dez formas como o SEBRAE PREVIDÊNCIA é fiscalizado e monitorado:

PREVIC Superintendência Nacional de Previdência Complementar: é o órgão de fiscalização e supervisão do sistema de previdência complementar fechado e exerce o seu papel de supervisor com base nos princípios da Supervisão Baseada em Riscos. A fiscalização se dá permanentemente à distância, pelos sistemas corporativos, e, quando necessária, presencialmente por meio de auditores fiscais.

Conselho Deliberativo: órgão de deliberação e orientação máxima que fixa os objetivos, políticas e direcionamento estratégico, acompanha o cumprimento das ações, através do monitoramento da estratégia até a prestação de contas anual. As Comissões Temáticas trazem maior robustez e amparo técnico às decisões e ao acompanhamento das mesmas.

Conselho Fiscal: órgão de fiscalização e supervisão, cabendo a este colegiado fiscalizar e supervisionar a gestão do Instituto, acusando fragilidades nos controles internos, irregularidades ou atos incompatíveis com a legislação de regência e normativos internos do SEBRAE PREVIDÊNCIA. Acompanha a execução orçamentária e o cumprimento da Política de Investimentos.

Auditoria Independente: orientada para a emissão de parecer acerca da adequação das demonstrações contábeis e financeiras, com atuação presencial a cada três meses.

Gestão Riscos e Controles Internos:  demonstra os riscos aos quais o SEBRAE PREVIDÊNCIA está submetido, analisando os níveis de controles internos, a fim de evitar a ocorrência de erros e fraudes e identificá-los quando ocorrerem, buscando garantir a eficiência da gestão, menor exposição ao risco e atribuir maior grau de transparência e confiança.

Monitoramento dos Investimentos: executado por consultoria especializada, monitora o enquadramento e o cumprimento da Política de Investimentos, mensalmente encaminhada ao órgão fiscalizador  (PREVIC).

Compliance: permite prevenir ou minimizar os riscos de violação às normas e regras decorrentes de sua atividade, ou detectá-las o mais rapidamente, caso se concretize.

Patrocinadores: trimestralmente os Patrocinadores recebem um Relatório Gerencial com o detalhamento da performance e das características do Plano SEBRAEPREV, em nível geral e específico de cada Patrocinadora. Eventualmente o Patrocinador procede avaliação do Plano SEBRAEPREV e do Instituto.

Participante: o SEBRAE PREVIDÊNCIA disponibiliza em seu Portal e por mensagens específicas aos Participantes as informações necessárias ao acompanhamento da performance do Plano e da Instituição.

Ouvidoria: responsável pelo acolhimento de solicitações, dúvidas, reclamações, elogios e críti­cas, atuando com foco em questões individuais, com base em padrões de atendimen­to e soluções preestabelecidas, adotando ações de natureza corretiva. Além disso, é responsável por prevenir reclamações, sugerindo melhorias nos processos, produtos e serviços do Instituto.