Aberta pelo presidente do Conselho Deliberativo, Evandro Nascimento, a 3ª Reunião Ordinária foi iniciada com a apresentação do Desempenho da Estratégia Institucional, documento que apresenta os resultados de todas as ações do Instituto, o que engloba as áreas de investimento, administrativa, seguridade, relacionamento e comunicação.

Esses resultados foram detalhados pelo diretor-presidente Edjair Alves. Dentre diversos pontos abordados, destaque para a rentabilidade bruta registrada em cada perfil, no 1º semestre:  Conservador 5,83%, Moderado 5,90% e Arrojado 4,78%. Outro dado apresentado foi a redução das taxas de administração dos gestores de investimentos (BRAM e Itaú), bancos responsáveis pelas aplicações na carteira de investimentos do Instituto. A redução das taxas representou um aumento nos rendimentos líquidos, ao ano, de cerca de R$ 370 mil.

O Plano para Dependentes recebeu parecer favorável da Comissão de Seguridade para o prosseguimento dos procedimentos necessários para futura implementação do plano. Sobre o relatório da 8ª Avaliação de Riscos e Controles Internos, elaborado pela empresa PFM Consultoria, o SEBRAE PREVIDÊNCIA demonstra boa aderência às práticas de controle.  A respeito da 2ª Avaliação de Compliance, promovida pela empresa Deloitte, foi apresentado relatório com recomendações apenas de aperfeiçoamento de rotinas e processos.

 IMG 8920 Conselho Deliberativo discute ações do Instituto e reduz taxas de administração dos gestores de investimentos