A 4ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo aconteceu na tarde da terça-feira (6), e contou com um aprofundado debate sobre os cenários da economia mundial e do Brasil. O Painel de Investimentos contou com a participação de convidados externos do mercado de previdência complementar e do mercado financeiro.

O debate foi moderado pelo coordenador da Comissão de Investimentos, conselheiro André Dantas. Fizeram parte do painel o dirigente Rogério Tatulli (PREVIEriccson), o gerente de Investimentos da FACHESF e membro da Comissão Nacional de Investimentos da ABRAPP, Luiz da Penha; o sócio-consultor da ADITUS, Nathan Batista, e o diretor de Administração e Investimentos do SEBRAE PREVIDÊNCIA, George Mota. O presidente da FACHESF, Helder Rocha Falcão, fez importantes contribuições ao painel.

O dirigente da PREVIEricson abordou a estrutura da sua Entidade e falou sobre o que aguarda para o próximo ano. “Muitas incertezas, forte volatilidade nos mercados, cautela no crédito e pressão no câmbio. A bolsa dependerá muito da recuperação da atividade econômica do Brasil. Como remédio para 2017, trabalharemos um portfólio mais defensivo com risco controlado, diversificação, seleção de gestores e disciplina na alocação nas classes de ativos”, disse Rogério Tatulli.

Luiz da Penha, da FACHESF, enfatizou a importância do monitoramento permanente junto aos gestores, a fim de vislumbrar as oportunidades, principalmente quanto ao momento de ideal para entrar, sair ou carregar cada um dos segmentos.

Ao abordar alguns pontos sobre o mercado, o especialista Natahan Batista falou sobre as expectativas para 2017: “A taxa de juro real do ano que vem promete ser a mais alta dos últimos anos. Nesse sentido, investimentos atrelados a CDI podem ser uma alternativa interessante para a alocação tática, especialmente no primeiro semestre”.

A Política de Investimentos (2017) foi aprovada pelo CD, contemplando ajustes nas alocações por perfis de investimentos, conforme abordado pelo relator André Dantas: “Propomos uma adequação de conservadorismo diante do cenário econômico atual atrelando as nossas rentabilidades aos referenciais de mercado”.

Outra aprovação do CD foi atualização do Código de Princípios Éticos e de Conduta que contempla os princípios da Lei de Combate à Lavagem de Dinheiro.

Ao final da reunião, o presidente Evandro Nascimento destacou a participação do diretor-presidente Edjair Alves em mesa redonda com grandes fundos de pensão no 5TH Annual Real Estate Brazil Forum e a sua indicação ao Prêmio Benckmark da Revista Investidor Institucional como Melhor Estratégia de Fundos de Pensão.

foto cd dirigentes 2 Conselho Deliberativo discute cenários econômicos com dirigentes de fundos de pensão