Na tarde desta sexta-feira (9), o Conselho Deliberativo do SEBRAE PREVIDÊNCIA realizou a sua 4ª Reunião Extraordinária, na sede da Entidade. Ao abrir a reunião, o presidente Evandro Nascimento falou a respeito do cenário econômico: “O atual momento requer um esforço redobrado quanto ao fundamento das questões relacionadas a política de investimentos. O Conselho e a Diretoria têm-se debruçado sobre essa questão com afinco”.

Evandro também falou sobre a importância da certificação de conselheiros, pelo ICSS – Instituto de Certificação dos Profissionais de Seguridade Social. Destacou, ainda, a certificação concedida ao conselheiro José Gava Neto, por experiência, e enfatizou que a meta é 100% dos conselheiros certificados.

A criação do canal de Ouvidoria foi informada pelo diretor-presidente Edjair Alves. Inicialmente, o canal será estruturado dentro das atribuições internas da Instituição. “Sentimos a demanda ao logo dos anos e é importante para a transparência da Entidade”, disse Edjair.

O Conselho discutiu as diretrizes orçamentárias, levando em consideração os cenários econômicos e a forma como as Patrocinadoras estão sendo afetadas. O orçamento para a manutenção das ações e projetos do SEBRAE PREVIDÊNCIA será deliberado na reunião de dezembro.

Em decorrência das incertezas de mercado, as discussões sobre o tema investimentos não foram esgotadas, ficando a decisão sobre a Política de Investimentos 2016 para ser deliberada na última reunião do ano. Isso permitirá novas avaliações sobre os cenários para o ano de 2016. Em função das perspectivas do mercado para este último trimestre do ano, bem como da elevada volatilidade do mercado, foram flexibilizados alguns limites da atual Política de Investimentos, visando proporcionar maior liberdade de ação aos Gestores de Investimentos.

FOTO Conselho Deliberativo discute cenários econômicos