Na tarde da quinta-feira (22), em Brasília, na sede do SEBRAE PREVIDÊNCIA, aconteceu a 3ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo. Os trabalhos do dia foram abertos pelo presidente Jose Claudio dos Santos, que na ocasião, falou sobre a nova modalidade de empréstimos. “Buscamos diversificar as formas de investimentos, sempre com a preocupação da relação risco/retorno. Assim, implementamos a modalidade especial de empréstimos a Participantes com poupança previdenciária inferior a quatro vezes o salário de contribuição”, disse José Claudio.

Na pauta, temas relacionados à Comunicação e Relacionamento com os Participantes. O novo layout do site institucional foi apresentado aos conselheiros para que todos tivessem a oportunidade de contribuir com sugestões. A proposta ainda está em construção e o objetivo é que os Participantes recebam um portal de fácil navegação e com informações úteis, claras e objetivas. O novo site será lançado em outubro.

O relacionamento com os participantes está sendo reestruturado. Sua importância foi destacada na apresentação da coordenadora da Comissão Técnica Nacional de Comunicação e Relacionamento da Abrapp, Marisa Bravi.
“É preciso dar ênfase ao relacionamento e à comunicação como processos de construção de conhecimento”. Estudos técnicos serão realizados para a construção de um projeto para aquisição de uma ferramenta CRM.

Foi apresentado o resultado da pesquisa feita pela empresa Mercer. A pesquisa teve como objetivo avaliar o benefício de aposentadoria oferecido a todos os empregados do SEBRAE, visando ampliar o universo de Participantes, além de fidelizá-los. Os benefícios oferecidos pelo plano, os institutos (portabilidade, regate e BPD) e a oferta de perfis de investimentos foram alguns dos itens avaliados. O resultado apontou que o SEBRAE PREVIDÊNCIA vem adotando as práticas de mercado.

A reunião foi encerrada após manifestação do diretor-presidente Edjair de Siqueira Alves que ressaltou a importância dos trabalhos das Comissões (Comunicação e Marketing, Investimentos e de Planejamento e Orçamento) e dos resultados da nova modalidade de empréstimo. “Entre os dias 1º e 20 de agosto, 153 concessões, o que representa mais de R$ 1 milhão e 600 mil. Os juros decorrentes dessas operações retornam em forma de rentabilidade para o plano, comentou Edjair.