A 3ª Reunião Ordinária do Conselho Fiscal foi realizada na tarde desta quarta-feira (28), e foi conduzida pelo vice-presidente Alessandro Chaves. Participaram, também, os conselheiros José Roberval e Vitor Tioqueta, além do diretor-presidente Edjair Alves e dos diretores George Mota (Administração e Investimentos) e Nilton Cesar (Seguridade).

O relatório com o resultado da 7ª avaliação de riscos operacionais e controles internos foi detalhado pela empresa PFM. De acordo com o relatório, a Instituição fez adequações dos processos, revisão de riscos e avaliação dos controles. Ao todo, 110 processos da Entidade foram avaliados.

Após analisar documentação encaminhada pela Diretoria Executiva, o Conselho Fiscal manifestou-se favorável ao conjunto de hipóteses a ser utilizado na Avaliação Atuarial de 2016 e definição de Plano de Custeio de 2017.

As operações de empréstimos e os investimentos continuam sendo acompanhadas pelo Conselho. Em agosto, foram 148 concessões, totalizando R$ 3 milhões.