Como a educação financeira pode ajudar você?

Ser educado financeiramente é cuidar bem do seu dinheiro e saber gastar dentro do orçamento, para que os recursos sobrem no fim do mês. Também faz parte desse aprendizado pensar na fase da aposentadoria, a fim de garantir um futuro mais confortável.

Quem faz um planejamento financeiro decide antecipadamente o que fazer com os recursos, evita gastos desnecessários e a falta de dinheiro. Na elaboração desse planejamento, é importante ter disciplina, observar as necessidades, definir metas e objetivos.

Aqui você encontra algumas dicas para ter uma vida financeira saudável, com base numa cartilha elaborada pela Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar.

Para que o planejamento financeiro dê certo:

  • Tenha um compromisso com você
  • Limite seus gastos. Eles devem ser menores do que o valor que você ganha
  • Dedique tempo ao seu dinheiro. Como o corpo, a saúde financeira merece atenção
  • Adquira conhecimento financeiro. Leia cartilhas, bons livros e faça cursos nessa área
  • Separe todo mês uma quantia para poupar ou investir
  • Crie objetivos e panos financeiros
  • Gaste apenas o que sobrar

 A melhor forma de se planejar é fazer um orçamento doméstico, para controlar receitas e despesas. Um bloco, planilhas de Excel e programas disponíveis na internet podem lhe ajudar.

 E como fazer para o dinheiro chegar ao fim do mês?

É importante enxugar os gastos e esquecer o status, o que permitirá desfrutar de uma vida boa e equilibrada.

 E se você está endividado?

Admitir a situação é o primeiro passo para resolvê-la. Faça uma lista das dívidas, incluindo o saldo devedor e o número de parcelas que faltam para quitar o débito. Depois, defina uma estratégia para quitar. É importante enxugar os gastos, resgatar aplicações, renegociar dívidas, trocar as que têm juros mais altos por aquelas com taxas mais baixas, vender algum bem para resolver situações extremas.

 Como lidar com o crédito facilitado?

Verifique se as parcelas cabem no seu orçamento e se não vão comprometê-lo. Priorize sempre compras à vista.

 E o cartão de crédito?

Pode ser usado de forma consciente, se o pagamento total da fatura é feito na data de vencimento. Mas se transforma em inimigo se o limite de crédito for excedido e se o pagamento não for integral.

FONTE: “Estratégias para uma Vida Melhor – Saiba como a Educação Financeira Pode Ajudar Você”. Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar.

Material distribuído pelo SEBRAE/RJ, nas comemorações aos 10 anos do SEBRAE PREVIDÊNCIA