Questões sobre os cenários econômicos e qualidade de vida foram questões abordadas durante o IV Fórum SEBRAEPREV de Economia. O evento, que é uma ação do Planejar, aconteceu na manhã da quinta-feira  (28), na sede do SEBRAE PREVIDÊNCIA, e contou com a participação de Diretores, Conselheiros, Gestores, Participantes do Plano SEBRAPREV  e representantes de fundos de pensão, além da diretoria  da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc).

Evandro Nascimento, presidente do Conselho Deliberativo do SEBRAE PREVIDÊNCIA, destacou a importância de trabalhar a educação financeira e previdenciária. “Nosso Instituto tem se pautado  pela transparência das suas ações e pelos cuidados com a administração do nosso patrimônio.  Precisamos tratar de todas as questões que digam respeito à análise de risco. Nossos participantes precisam  obter dos Conselheiros e Gestores do Plano  informações cada vez mais precisas.”, comentou Evandro, durante a abertura do Fórum.

O diretor de Análise Técnica da Previc, José Roberto Ferreira,  falou sobre a iniciativa da Entidade. “O IV Fórum é uma demonstração muito clara que a questão de educação financeira e previdenciária precisa ser levada a sério por parte das entidades. Eventos dessa natureza precisam de estímulos, interessa saber o que de fato as instituições estão fazendo para oferecer aos seus participantes esclarecimentos necessários a sua conscientização”, disse José Roberto.

O primeiro painel foi moderado pelo diretor-presidente do SEBRAE PREVIDÊNCIA, Edjair Alves, e teve como tema Estratégias de Investimentos em Cenário de Desafios Conjunturais. Regina Nunes, diretora geral da Standard e Poors Cone Sul e palestrante do tema, falou sobre as perspectivas para os diversos setores da economia brasileira em 2015.

Ainda sobre o  Brasil, Regina afirmou: “O Brasil é um país em desenvolvimento que compete com outros mercados emergentes e em desenvolvimento que  estão voltados muito mais para a exportação do que mercado interno. Para ter um país mais diversificado, precisamos crescer no que diz respeito ao mercado interno. Crescer menos trazendo um futuro melhor não é problemático”. 

Mas o SEBRAE PREVIDÊNCIA não está preocupado apenas com a saúde financeira de seus participantes. A saúde mental e bem-estar na maturidade foi o segundo tema do dia. O painel teve como palestrante o médico Geriatra Marcos Cabrera e como moderador o vice-presidente do Conselho Deliberativo do SEBRAE PREVIÊNCIA José Ferreira de Melo Neto.

Durante o evento, o médico abordou questões relacionadas aos hábitos saudáveis, importância da atividade física, saúde mental, bem-estar e comportamento sexual. Marcos Cabrera ressaltou a importância de ser consciente no planejamento financeiro e previdenciário. “A previdência complementar traz dinheiro e liberdade na aposentadoria, mas quem garante a saúde e a qualidade de vida nesta fase somos nós, a partir de nossas escolhas”, concluiu Marcos Cabrera.