Por meio dos perfis de investimentos o SEBRAE PREVIDÊNCIA passou a oferecer uma importante vantagem aos participantes: a possibilidade de escolher como alocar os recursos oriundos das suas contribuições. Isso significa mais flexibilidade e autonomia para o participante constituir ou manter a sua reserva para aposentadoria de forma compatível com as suas particularidades e tolerância ao risco.

O prazo para a formalização da opção por um dos três perfis foi encerrado no dia 30 de junho. O tema tem sido discutido desde o segundo semestre do ano passado e ganhou força com a campanha de comunicação que começou em março. Ao todo, foram 18 peças de e-mail marketing, 4 vídeos explicativos, cartilha, hotsite, postagens no facebook, 2 videoconferências, 4 palestras e 1 oficina de Gestores do Plano SEBRAEPREV, além dos atendimentos presenciais e telefônicos feitos pela equipe técnica do SEBRAE PREVIDÊNCIA.

A parceria entre a Entidade e as Patrocinadoras foi fundamental para o resultado final. Os Gestores trabalharam pontualmente nas suas unidades, apresentando os perfis e tirando as dúvidas dos participantes.

De acordo com o relatório de acesso ao termo, dos 6.660 participantes, 74% optaram por um dos perfis durante o mês de junho. O perfil SEBRAEPREV (Moderado) teve 82% de adesão, enquanto o Arrojado ficou com 13% e o Conservador atingiu 5%. Os participantes que não optaram migrarão para o perfil Conservador.

Relembrando, para que a sua opção seja válida e efetivada, é necessário que o Termo de Opção pelo Perfil de Investimentos seja protocolado no SEBRAE PREVIDÊNCIA até o dia 10 de julho de 2013. Aos Ativos, o próprio Gestor do Plano SEBRAEPREV pode encaminhar.

Aos Assistidos, Autopatrocinados e Vinculados (BPD), o Termo de Opção pelo Perfil de Investimentos também deve ser protocolado na Entidade até o dia 10, com o reconhecimento da firma da assinatura em cartório.

O SEBRAE PREVIDÊNCIA continuará como principal responsável pela execução dos investimentos do seu plano, bem como pelo pagamento dos seus benefícios futuros. Os investimentos continuarão sendo regidos pela Política de Investimentos do Plano SEBRAEPREV que agora considerará a alocação escolhida por cada participante.

Você poderá rever a sua decisão nos meses de junho e julho de 2014. Até lá, você continuará contando com o SEBRAE PREVIDÊNCIA para manter-se informado sobre investimentos, riscos e retornos!