A 1ª RO do Conselho Deliberativo foi realizada na tarde desta quarta-feira (30). Os trabalhos do dia foram conduzidos pelo presidente em exercício, o Vice-Presidente José Ferreira Melo.

O primeiro item do dia foi a prestação de contas do exercício 2015. De acordo com o relatório apresentado pela Diretoria Executiva, as despesas administrativas ficaram 4% abaixo do valor previsto, o custo por participante 36% menor em relação à média de mercado, e as rentabilidades líquidas fecharam em 11,92% para o Conservador, 11,31% o Moderado e 7,89% o Arrojado.

Várias ações foram tomadas ao longo de 2015 para que se alcançasse esses resultados: as taxas de juros das políticas de empréstimos foram readequadas, investimentos em renda variável foram reduzidos e os investimentos em fundos no exterior foram ampliados.

Após análise dos pareceres da auditoria independente e do Conselho Fiscal, a prestação de contas de 2015 foi aprovada pelo Conselho Deliberativo, sem ressalvas.  O Relatório Anual de Informações, documento que traz essas contas detalhadas, será divulgado até o dia 30 de abril.

O Plano de Custeio, referente à taxa de contribuição para os benefícios de risco (morte e invalidez), foi aprovado conforme os resultados da Avaliação Atuarial que apontou pela manutenção da taxa de 0,1195% para o exercício de 2016.

Na 2ª RE do Conselho Deliberativo, também ocorrida nesta data, foram aprovadas as adequações ao Regulamento do Plano SEBRAEPREV para atendimento às exigências da Superintendência Nacional de Previdência Complementar – PREVIC.

IMG 9418 Prestação de contas é aprovada pelo Conselho Deliberativo