O SEBRAE PREVIDÊNCIA segue em permanente busca pelo aperfeiçoamento da sua governança. O Instituto está comprometido com o mais alto nível de ética e de aderência às leis e regulamentos pertinentes às atividades das entidades fechadas de previdência complementar.

Nesse sentido, na quarta-feira (17), a diretoria da Entidade teve mais uma iniciativa em torno da excelência na governança ao implementar o processo de Compliance, com metodologia própria, executada pela empresa Deloitte Touche Tohmatsu .

Um pouco sobre compliance

O termo compliance tem origem no verbo em inglês to comply, que significa agir de acordo com uma regra, uma instrução interna, um comando ou um pedido, ou seja, estar em “compliance” é estar em conformidade com leis e regulamentos externos e internos.

As entidades precisam mostrar, e comprovar, para o mercado que estão adotando as boas práticas. Para isso, as organizações precisam estar em compliance.

A atividade de prevenção a fraudes; segurança da informação; plano de continuidade de negócios; gestão de riscos e de pessoas; atendimento a auditorias internas e externas; dentre outras, formam o leque de atribuições do profissional de compliance.