O Brasil completa 40 anos da regulamentação da previdência complementar, por meio da Lei fundadora 6.435, de 15 de julho de 1977. Desde então, já são mais de R$ 810 bilhões de reserva previdenciária acumulada. Mesmo exibindo números modestos, se comparados a outros países, o Brasil apresenta grande potencial de crescimento dessa reserva.

Diversos eventos, palestras e seminários foram realizados pelo país. Em Brasília, a data foi lembrada pela Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal (OAB/DF), na Semana da Previdência.

O SEBRAE PREVIDÊNCIA participou da programação dessa semana, com a presença do presidente do Conselho Deliberativo, Evandro Nascimento que, representando o SEBRAE e o seu Instituto, proferiu palestra no painel sobre o tema “Previdência Complementar sob a ótica Empresarial”, em perfeito alinhamento com a missão e o posicionamento dos nossos Patrocinadores.

A relevância social e econômica do sistema de previdência complementar fechado foi destacada pelo presidente Evandro ao falar da decisão visionária do SEBRAE ao instituir o seu plano de previdência complementar e da necessidade urgente de um novo modelo de educação que precisa alcançar, antes de jovens e adultos, as crianças brasileiras. “Não é bastante inserir o tema na grade formal, é preciso apresentar, ensinar, massificar e discutir a educação financeira, a empreendedora e a previdenciária. As crianças devem ser estimuladas a poupar, desde a sua primeira mesada. A partir disso você começa a gerar no indivíduo a responsabilidade com o seu futuro desde os 6 anos de idade”, disse Evandro, que falou também sobre a importância e o grande potencial dos micro e pequenos empreendedores do país e da necessidade de inseri-los no sistema de previdência complementar, num modelo que considere as suas condições, características e possibilidades”, ressaltou.

foto adv SEBRAE PREVIDÊNCIA participa de evento comemorativo dos 40 anos da legislação de Previdência Complementar